RODA DE CONVERSA

RODA DE CONVERSA

              Sobre a Clínica Familiar em Psicanálise

 

– Um convite à troca de experiências e reflexão

 

Entendimento sobre a diversidade e a complexidade deste grupo fundante da subjetividade humana.

Nomeada a partir da moral e dos “bons” costumes, aprisionada em nome de um conservadorismo, o paradigma – família nuclear – vem sendo substituído por um olhar mais amplo e compreensivo, baseado na multiplicidade da sociedade contemporânea.

A psicanálise, a partir dos conceitos de função materna e paterna, nos permite lidar com os inúmeros papéis sociais.

A constituição do inconsciente familiar é determinante para a própria “constituição” do sujeito e de sua história de vida.

 

“Passei a dar importância à escuta do drama familiar, que ultrapassa o sintoma “criança”. A “cura” da criança frequentemente só é possível quando o psicanalista desloca o problema pelo qual os pais vieram consulta-lo.”  Maud Mannoni

 

 

Coordenação:  Kátia Santos – Professora, Assistente Social, Mestre em Trabalho com Grupos/PUC-RJ, Psicanalista SPAG-RJ, Terapeuta Familiar, Professora de Teoria Psicanalítica e Teoria de Família, Mãe e Avó!

 

Informações e Inscrições : (21) 2521-4495 e (21) 95905-3193

Facebook